2018-05-21T225902Z_1_LYNXNPEE4K1NO_RTROPTP_2_TRANSPORTE-CAMINHONEIROS-GREVE.JPG.

O SINTER-MG vem expressar solidariedade à greve dos caminhoneiros. Já no 3º dia de mobilização, a paralisação e manifestações estão sendo realizadas em 23 estados e os protestos são contra os preços abusivos e reajuste frequente nos combustíveis, que vêm sendo praticados pela Petrobras.

O Sindicato entende que a greve é necessária e justa, tendo em vista a forma como vem sendo conduzida a política de preços dos combustíveis, ocasionando aumentos desenfreados nos preços, inviabilizando empregos e tornando insustentável a produção no País. O movimento se torna necessário, para mostrar ao governo federal que os brasileiros não estão inertes à onda de retirada de direitos, inclusive, nos preços exorbitantes de itens de primeira necessidade.

O governo ilegítimo de Temer tentou desmobilizar a greve, nesta terça (22), colocando possibilidades de redução da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) no diesel, porém, não sinalizou alterações na atuação de aumentos abusivos que vêm sendo praticados pela Petrobras.

O SINTER-MG defende que a Petrobras tenha sustentabilidade econômica e não seja utilizada como ponte de barganha para se retirar ainda mais da população brasileira, com a privatização da estatal.

Apesar da paralisação da categoria já refletir no desabastecimento de combustíveis e alimentos e em diversas outras atividades, a sociedade demonstra apoio ao movimento, por saber da importância da mobilização. Nós também apoiamos essa luta e orientamos os trabalhadores da Extensão Rural, sociedade, trabalhadores rurais e seus sindicatos que façam o mesmo. Só com união e solidariedade alcançaremos condições dignas e justas de vida.

Newsletters

Cadastre seu email para receber notícias